Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

O que eu gosto de andar de táxi

 

Aproveitei a hora de almoço para ir às finanças, a ver se é desta que eles desembolsam o nosso reembolso. Apanhei um táxi para ver se me despachava mais depressa. E bati com o nariz na porta, pois hoje é dia de greve geral! Apesar deste contratempo, o dinheiro que paguei ao taxista foi o dinheiro mais bem pago dos meus últimos tempos. Que taxista! Que discurso fabuloso!

 

Aquele homem, que à primeira vista parecia apenas mais um totó com óculos de fundo de garrafa revelou-se uma verdadeira pérola do saber estar e, mais importante, do saber ser.

 

Mal entrei no carro, ele, que estava mortinho para contar as novidades (?), meteu logo conversa. E assim, começou por me informar que:

 “Vou de férias a 15 de Julho. E vou com a minha namorada.”

 

(passados 15 segundos)

 

“Este vai ser um Verão de novidades.”

Ai sim, perguntei eu que sou uma gaija educada.

“Este Verão, depois das férias, vou-me virar para a Kati e digo-lhe, comé, é pa viver ou pa acabar? Se for para viver, muito bem, se for para acabar ela que vá cos porcos, é mesmo assim. E mais, como sou um bocado esperto, convenci o meu pai a contratar um empregado para fazer o turno do táxi à noite. Assim, só faço o turno de dia, é melhor, né?”

Muito melhor, respondi eu.

 

(após uns 4 segundos)

 

Tenho também uma possível novidade. Se calhar vou ser operado aos olhos. Mas é só se calhar. Tenho medo.”

Pois... tentei dizer, mas a esta altura do campeonato, ele já ia a todo o gás.

“ O meu pai é que não gosta da Kati. Diz que ela não é mulher para mim. Mas eu sou esperto. Tenho casa, tenho dinheiro. Não vou casar com ela ou fazer-lhe filhos. Vivo com ela à experiência uns seis meses, a ver se ela aprende a tratar da casa. Se ela involuir, fizer o comer, passar a roupa e tratar bem de mim, aí já lhe faço filhos e caso. O meu pai diz que ela não vai querer aprender, mas ele ainda não percebeu... eu é que tenho dinheiro, ela não tem quereres. Estou a pensar bem, né?”

Muito bem. Não há como ser ponderado para evitar futuras desilusões, respondi eu já maravilhada com a minha capacidade de controlar o riso e a compostura – que maturidade!

“É que eu tenho sentimentos por ela.”

Pois, estou a ver. Aliás é por isso que lhe está a dar esta grande oportunidade, não é?

“Sim. Eu tenho sentimentos por ela e por isso é que lhe estou a dar a oportunidade para involuir. Se ela involuir, boa. Se ela não involuir, azar. Acaba-se.

 Não vale a pena estar com outras se só falo da Kati. A vida é minha, eu tomo as minhas decisões. Se derem certo, ainda bem, se derem errado, aguento-me.”

 

 

A viagem chegou ao fim e eu saí do táxi já com pena daquilo que já não ia poder ouvir. As saudades que eu tinha destes cromos dos táxis!

 

 

(Kati, filha, se por algum acaso divino leres este post antes das férias, ajoelha-te e agradece a Deus a oportunidade que Ele te está a dar... de fugir).

 

 

publicado por Lourencinha às 14:21

link do post | dar sentença | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. ...

. Da casmurrice

. Free Hugs in Lisbon

. Da ZON

. Querem ver?

. Por acaso,

. Pois...

. Amazing

. Olá, voltei!

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

blogs SAPO

.subscrever feeds