Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

Da ZON

A minha falta de inspiração tem sido proporcional aos afazeres que um filho nos cria. Não que me esteja a queixar. Nada disso! Porém, já reparei que quando nos falta alguma coisa, o Universo, se para aí estivermos virados, brinda-nos sempre com a fartura daquilo que nos faz falta. 

Ora, tendo eu há dias pensado, precisamente, que nunca mais aqui tinha vindo e que mesmo que quisesse muito vir, não tinha nada para contar (pelo menos na linha do que já vos fui habituando), o que é o Universo me proporcionou? Problemas com a ZON!

 

Não pretendo entrar em pormenores técnicos, pois não tenho conhecimentos para isso. O que vos posso dizer, assim de repente, é que se quem estivesse a tratar com a ZON fosse eu, não tinha havido qualquer tipo de diferendo, porque os gajos enganar-me-iam em três tempos. Ora. como foi o maridão a tratar do assunto, surgiu o diferendo, porque por mais que ele lhes mostre que não é nenhum leigo na matéria eles insistem em tratá-lo como tratam a maioria dos Clientes - como verdadeiros tótós!

 

 

E assim, desde Domingo que andamos nisto, sem qualquer resolução à vista a não ser a livre resolução do contrato - direito que nos assiste até amanhã.

 

Deixo-vos aqui, para vosso deleite, a pequena conversa que eu tive esta manhã com uma empregada da dita empresa.

 

Empregada da ZON - Qual o seu n.º de cliente?

Lourencinha - S 830..... .

(passados uns minutos)

EZ - Pode repetir o seu n.º de cliente? É que não encontro a sua conta...

Lourencinha - S 830..... .

EZ - Mas S de serviços ou C de conta?

 

 

 

(e se me chateiam muito, ainda reporto para a CNPD o deficiente procedimento para alteração de dados pessoais, pois vim a descobrir que, apesar de ter solicitado a alteração dos meus dados, há uma semana e meia, estes continuam por alterar...)

 

publicado por Lourencinha às 15:00

link do post | dar sentença | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

Desabafo

(O conteúdo deste post tem mero efeito terapêutico)

 

Eu até tento viver de forma zen, ou o meu filho não merecesse todo o meu esforço e dedicação, mas lidar com a burrice de uma determinada colega minha é demais. É que não consigo! Nem a porr@ de um arquivo a gaja sabe fazer. Irra!

 

publicado por Lourencinha às 11:55

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Junho de 2011

Descoberta

Acabei mesmo agora de descobrir um efeito positivo da estupidez que diariamente me rodeia. Calculo que também vos rodeie tal flagelo, mas cada uma sabe da sua vida. E a minha é colorida com gente com comportamentos poucochinhos, ou se quiserem, de uma forma mais simpática, mais distraídos.

 

Estava eu aqui a morrer de sono, sem conseguir produzir algo que se visse quando recebo um e-mail de um colega que teve o condão de me... DESPERTAR! Sem vos querer maçar com o meu trabalho, posso afirmar que uma da coisas que faço é a divulgação de determinadas normas internacionais que impõe sanções contra determinados países, como resultado, entre outras coisas, de desrespeitos contínuos de liberdades e garantias que devem assistir a qualquer ser humano.

 

Ora, digamos que contra o país A existiam, há já alguns anos, as sanções 1 e 2. E hoje foram publicadas mais umas sanções contra esse mesmo país A, a acrescer às já existentes: as sanções 3 e 4.

 

Divulgadas estas alterações seria de esperar que o referido colega concluísse que deveria alterar o normativo interno, de modo a acrescentar às sanções já existentes, as novas, hoje publicadas.

 

E qual não é o meu espanto quando aquela aventesma concluiu que não havia qualquer alteração a fazer, enviando-me um e-mail dando-me a conhecer, precisamente, essa conclusão brilhante e esperando que eu concordasse com ela.

 

Resultado, despertei e fiz aquilo que ele já devia estar à espera (o homem é burro, mas não é parvo!) e fiz o trabalhinho dele (e quero lá saber... faço tudo para me distinguir da mediocridade!)

 

Qual café qual carapuça, nada como gente estúpida!

publicado por Lourencinha às 15:02

link do post | dar sentença | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011

O rídiculo

Um miúdo (sim, com 14 anos é um miúdo) bom aluno, bem comportado, provocado até à exaustão por um colega chama-lhe, imagine-se, gay. E por causa disso enfrenta agora um processo disciplinar na escola, com possível expulsão. O grave crime que cometeu foi ter chamado gay a um colega. Podia ter-lhe chamado filho da put@, c@brão, mas não, cometeu a enormidade de lhe chamar paneleiro, se bem que de uma forma mais polida.

 

Ora quem me conhece sabe que eu não tenho nada a dizer das escolhas dos outros, portanto, o que me está a encarquilhar as unhas não é a orientação sexual da "dama-ofendida". Cada um com a sua! Agora, admitir-se tudo, faltas de respeito, alunos mal-criados, alunos a bater nos professores, pais e avós a bater nos professores e, ao mesmo tempo, sujeitar à pena máxima escolar um aluno só porque chamou gay a outro é que já é um bocadinho a mais. É precisamente aquele bocadinho a mais que denigre um grupo, uma escolha, uma postura de vida.

 

Ridículo!

publicado por Lourencinha às 08:52

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

40+7=43?

Ontem assisti a uma das cenas mais tristes do pseudo-jet-set nacional. Têm (ou fingem ter) tanto dinheiro e não arranjam uns trocos para frequentar uma escola de jeito... é que a inteligência também se treina!

 

Estava sentado à minha frente um grupo de tiazorras em amena cavaqueira (sei lá!) quando uma delas, referindo-se a um da sua espécie, que por acaso estava mais adiante, afirma: “há 7 anos ele fez 40, portanto dever ter uns 43, 44 anos.”

 

Eu fiquei pregada à cadeira a achar que tinha ouvido mal. Mas se tive dúvidas, a referida senhora tirou-mas ao reafirmar aquele brilhante cálculo matemático que nem me atrevo a repetir.

 

Se bem que houve uma daquelas alminhas que achou estranho e ainda aventou que se há 7 anos o senhor tinha 40, agora devia ter uns 47 anos (parva!), o que é certo é que elas tiveram de confirmar. E já que o homem estava mesmo ali adiante perguntaram-lhe a idade.

 

Pronto, era isto.

publicado por Lourencinha às 08:27

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Da ZON

. Desabafo

. Descoberta

. O rídiculo

. 40+7=43?

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds