Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

Da mediocridade

Ainda a propósito do post anterior, há pessoas que se tornam essenciais, não porque sejam brilhantes ou prestáveis, mas porque embrulham de tal modo o seu trabalho que mais ninguém consegue pegar nele.

publicado por Lourencinha às 15:29

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

Reflexões avulsas

 

 

 

E dizia uma colega minha, zangada com a vida, "é preciso saber viver".

Eu não sei se sei viver. Mas sei qual é o meu lugar no mundo e acho que é essa consciência que vai fazendo a diferença.

publicado por Lourencinha às 20:03

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

Filosofias II

Eu sempre fui medrosa no que toca à aventura física. Posso afirmar que ninguém me verá a escalar montanhas, a atravessar oceanos em casquinhas de noz ou, simplesmente, a subir a árvores ou a saltar algum muro. No entanto, o meu medo fica por aqui - naquele plano físico que pode magoar este belo corpinho.

 

No que toca a viver a vida, não tenho tempo para medos. Nem posso admitir deixar de viver algo por medo de me enganar ou de me desiludir. Por isso é que muitas vezes me engano e desiludo, é certo. Mas o mundo é bonito demais e está cheio de pessoas tão valiosas que vale bem a pena arriscar, acreditar, amar e agradecer sempre o privilégio de viver!

 

E quanto mais nos embrenhamos nesta fé nos outros, no Universo e todas as suas Energias, melhor as coisas correm e melhores pessoas se cruzam no nosso caminho. É que neste campo, os opostos não se atraem... funciona precisamente ao contrário!

tags: ,
publicado por Lourencinha às 15:38

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Junho de 2010

Escolha

Hoje, depois de almoçar com um grande amigo dei comigo a pensar que uma das melhores coisas que temos na vida é a possibilidade de escolha. Nós podemos escolher! E, à excepção da família, podemos escolher tudo, inclusivé os amigos. E foi isso que acabei de fazer: ESCOLHI, escolhi apagar um determinado perfil da minha lista de amigos do facebook. É que eu gosto pouco de ter qualquer relação, por mais superficial que seja, com quem pouco ou nada tem a ver com integridade e lealdade. Não é nada pessoal, é uma questão de (boa) formação.

 

 

 

(quem sabe que outras escolhas me esperam...)

 

 

tags: ,
publicado por Lourencinha às 14:35

link do post | dar sentença | ver sentenças (4) | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

Filosofias I

Enquanto descascava a laranja da manhã lembrei-me de uma frase que disse ontem a uma colega minha, durante o almoço, acerca de certas mudanças que algumas pessoas revelam.

 

Decorre da minha experiência pessoal que, ao contrário do que se possa pensar, só se conhece verdadeiramente o carácter de uma pessoa quando ela conhece o sucesso. Ela não se revela quando vive dificuldades ou quando enfrenta os problemas – aí apenas mostra o seu instinto de sobrevivência. O seu carácter revela-se, sim, quando, ultrapassados os tempos conturbados, experimenta reconhecimento e o poder. Aí, meus amigos, é que se conhece o espécimen.

 

No entanto, esta não é a única conclusão ou ensinamento que já retirei de mais de 30 anos de vivência. Estou aqui a lembrar-me de outra lição, que não partilhei ontem, não fosse tocar nalgum ponto sensível. Estou firmemente convicta que verdadeiro amigo não é aquele que está connosco quando temos algum problema, pois como diz o outro, "com os problemas dos outros posso eu bem", mas sim aquele que se alegra verdadeiramente quando nos acontece algo de bom e que faz questão de partilhar a nossa felicidade.

 

E assim termina o primeiro momento assumidamente filosófico deste blog. Obrigado.

tags: ,
publicado por Lourencinha às 11:02

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Da mediocridade

. Reflexões avulsas

. Filosofias II

. Escolha

. Filosofias I

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds