Terça-feira, 7 de Setembro de 2010

Curiosidade

Já repararam que quanto mais uma pessoa se queixa e se faz de vítima, menos gosta que lhe digam as verdades?

publicado por Lourencinha às 09:16

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

Mais uma dúvida

 

 

 

Na minha procura por um novo desodorizante (gosto de variar), dei conta que existem cada vez menos desodorizantes no mercado. O que podemos encontrar, e aí a escolha é grande, são anti-transpirantes.

 

Ora, sendo o uso de anti-transpirantes uma das causa, ou pelo menos um potenciador, do cancro da mama, como é que ainda não foi proibida a sua comercialização?

 

"Já agora vale a pena pensar nisto."

(Chavão de uma conhecida rádio portuguesa)

publicado por Lourencinha às 21:30

link do post | dar sentença | ver sentenças (3) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

Dúvidas

Há coisas que realmente me ultrapassam! Encontro, muitas vezes, nos perfis do facebook, a seguinte definição de "estado" : numa relação aberta.

Ora, não pretendendo ferir susceptibilidades, o que raio é uma relação aberta? O que é que isso significa? É ter um amigo (ou mais), de quem se gosta ou não, com quem se tem uma determinada intimidade, em certas ocasiões?

Mas isso não será amizade colorida? Ou mesmo sexo ocasional? E desde quando é que isso é um "estado"?  É que, como grande parte das pessoas, já tive amizades coloridas. E se nessa altura me tivessem perguntado qual era o meu "estado", eu responderia solteiríssima e boa rapariga...

 

(sim, sim, estou de volta!)

publicado por Lourencinha às 10:41

link do post | dar sentença | ver sentenças (4) | favorito
|
Sábado, 24 de Abril de 2010

Um dia...

É assim que começa a nova campanha da Sumol.

 

Se bem que há frases que, embora possa achar fraquinhas, eu tolero, tendo em conta o público a que se destina tal campanha (adolescentes-morangos com açúcar), outras há que nem sequer entendo onde querem chegar. E o exemplo mais flagrante é qualquer coisa como : "Um dia vais perceber que a tua intimidade não é para todos (quando ele chegar não lhe fales)"

 

Bom, partindo do princípio de que a palavra "ele" se refere ao dia referido e que é normal falarmos aos dias (Eu cá sou anormal assumida, pois nunca falei a qualquer dia da minha existência. Já falei para o boneco, mas acho que não é a mesma coisa...), o que é que este slogan pretende dizer aos nossos adolescentes? Que o que está a dar é ser-se galdéria e putanheiro?

publicado por Lourencinha às 17:16

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

...

 

 

(sacada da net)

publicado por Lourencinha às 13:37

link do post | dar sentença | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

...

 

                                      (bd sacada da net)

 

publicado por Lourencinha às 16:29

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

...

Não bebo café há três dias e os efeitos já se fazem notar. Não estou, propriamente, com sintomas de abstinência... não me dói a cabeça, não estou com mau feitio.

Tenho é um sono que não se aguenta! A ver se a cabeça não cai no teclado....

 

                          (foto sacada da net)

 

Será que estou com a tensão baixa???????

 

publicado por Lourencinha às 10:39

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

...

 

                       (sacda da net)

 

 

Nos últimos dias, já vi mais gente com traje académico do que em toda a minha vida - período universitário incluído.

 

Ora se, cá em Lisboa, nunca houve grande tradição de uso de traje académico, excepção feita aos membros das tunas, qual a razão desta loucura académica? São todos cantores? Tocam todos cavaquinho? Ou é o último grito da moda?

publicado por Lourencinha às 13:43

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

e ainda...

 

A propósito de velhinhas que metem conversa comigo no autocarro (vá-se lá saber porquê!) lembrei-me de uma outra velhinha, noutro autocarro, num outro país (Dinamarca) que decidiu conversar comigo animadamente, como se não houvesse amanhã.
 
Eu comecei por dizer “I’m sorry i don’t speak Danish”. Nada.
 
Depois disse “ I’m sorry i don’t understand what you’re saying”.Sem qualquer efeito.
 
E finalmente, desisti e passei o resto da viagem a sorrir e a dizer que “sim, pois então”, enquanto a velhota me dava palmadinhas na perna e me sorria com a boca toda (desdentada, benza-a Deus!).
 
E a dúvida que me assaltou na altura e me assalta sempre nestas ocasiões é:
 
"Mas porque é que vêm sempre marrar comigo?"

 

 (se esta gente descobre que ando todos os dias de metro, estou lixada!)

 

publicado por Lourencinha às 14:52

link do post | dar sentença | favorito
|

Monólogos de autocarro

 

De regresso de mais uma incursão na Câmara Municipal de Lisboa, em pleno autocarro, dizia-me uma velhota, a propósito de uma rapariga que se tentava maquilhar no transporte.
 
“Olha a fazer a tuálete no autocarro! Já não há tempo para nada. Hoje andam todos a correr. No meu tempo não era assim. Eu também trabalhei – é certo que há 40 anos. Mas nessa altura não se via gente a correr de uma lado para o outro como agora se vê na cidade.
Deve ser dessa doença que agora se fala, o stresse. Até os miúdos de escola já sofrem com o stresse. Ele é aulas, ele é trabalhos de casa, ele é balé, ele é óquei. Os miúdos chegam aos vinte anos já cansados”.
 

E não pude deixar pensar como tudo isso é verdade. No entanto, não percebo porquê? Se o mundo hoje é uma aldeia, graças aos avanços tecnológicos, porque é que cada vez temos menos tempo?

 

                       (imagem sacada da net)

 

E, pronto, já me deu a "macacôa" das 14 horas. Podem voltar ao vosso descanso.

publicado por Lourencinha às 14:15

link do post | dar sentença | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Dúvidas existenciais

Comecei o meu dia na estação dos correios  (após banho e pequeno almoço tomado devidamente, claro). E foi aí que me assaltou uma dúvida existencial que deve ser partilhada pelo comum dos mortais - bom, pelo menos por aqueles que trabalham.

 

PORQUE É QUE OS VELHINHOS REFORMADOS VÃO PARA AS ESTAÇÕES DO CORREIO ÀS 8H30 DA MANHÃ, COM UM FRIO DO CARAÇAS, QUANDO TÊM O RESTO DO DIA  PARA O FAZER?

 

É que efectivamente, a minha manhã activa começou por ter de esperar que uma determinada senhora velhinha, enviassse uma carta, pagasse uma conta, carregasse o telemóvel e perguntasse pelo Sr. Pancrácio (nome fícticio), se entrava às 10, se vinha hoje, se estava de férias e o diabo a quatro.

 

E enquanto esta algarviada acontecia eu estava à espera de levantar uma das muitas cartas que me enviam para o meu domicílio fiscal (em vez do meu domicílio profissional), para poder finalmente pegar no carro, estacionar o carro, apanhar o metro, sair do metro e chegar ao trabalho, no menor tempo possível.

 

CARA SENHORA VELHINHA, TINHA MESMO QUE SER ÀQUELA HORA? NÃO PODIA FICAR NO QUENTINHO UM POUCO MAIS E IR MASSACRAR AS SENHORAS DA ESTAÇÃO DOS CORREIOS FORA DA HORA DE PONTA?

 

Chiça, é Natal minha gente, não custa nada colaborar.

 

A velhice é lixada!

 

sinto-me:
publicado por Lourencinha às 10:19

link do post | dar sentença | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Curiosidade

. Mais uma dúvida

. Dúvidas

. Um dia...

. ...

. ...

. ...

. ...

. e ainda...

. Monólogos de autocarro

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds