Quinta-feira, 4 de Março de 2010

Peripécias

Gostaria de começar por agradecer a Deus, pois é Ele o responsável por eu ter nascido com o "real cuzinho" virado para a Lua, ao maridão, por também ser dono da nossa casa e, portanto, ter a chave da dita e ter mais cabeça do que eu, e, por último, a mim, por ser uma gaja vaidosa que vai todas a semanas ao cabeleireiro arranjar as unhas!

 

É QUE,

 

hoje consegui o que antes nunca tinha conseguido. Esqueci-me não só do telemóvel em casa, como também da chave. E, mais grave, só dei por isso ao fim do dia, quando quis entrar em casa, para fazer a sopa antes de ir arranjar as unhas (V. estou uma mulherzinha!). O  pior está por contar. É que sem a chave e o telemóvel, eu teria de esperar na rua até que o maridão acabasse as aulas (ou seja MUITO TEMPO).

 

Ora, única solução, uma vez que mais ninguém tem a chave do nosso castelo, foi entrar no Cabeleireiro e dizer:

"B. por favor, deixe-me ligar para o meu marido. Estou sem chave de casa e sem telemóvel e ele só volta tardíssimo, sei lá (para ler com voz benzoca)".

Ao que B. (uma querida) responde:

"Oh querida, se é para telemóvel, não ligue do fixo que o meu marido (o dono do estabelecimento) depois não me larga a querer saber porque é que se telefonou para um número móvel."

 

(Hã?)

 

Bom, lá consegui ligar para o telemóvel do maridão (que estava miraculosamente ligado - é aqui que entra o "real cuzinho" virado para a Lua) a partir do telemóvel da B. e lá combinei encontrar-me com ele à porta da faculdade que (lá está mais uma vez o "real trazeiro" virado para a Lua) fica a dez minutos de casa.

 

E como ele não se esqueceu do raio das chaves, posso neste momento estar a relatar o sucedido, logo depois de ter posto a panela da sopa ao lume.

 

(continuo sem alcançar o drama que seria se o o dono do cabeleireiro visse que se tinha ligado do telefone fixo do estabelecimento para um telemóvel... já não se fazem favores a clientes fiéis? Qual era a dificuldade em explicar? ESTRANHO!) 

 

publicado por Lourencinha às 20:37

link do post | dar sentença | favorito
|
2 sentenças:
De Justiceiro a 5 de Março de 2010 às 18:27
Se deus realmente existisse, nunca terias esquecido nem da chave, nem do telemóvel ! Ou isso ou ele não quer nada contigo!
Tenho dito.
De Lourencinha a 6 de Março de 2010 às 14:05
:-P

dar sentença

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. ...

. Da casmurrice

. Free Hugs in Lisbon

. Da ZON

. Querem ver?

. Por acaso,

. Pois...

. Amazing

. Olá, voltei!

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds