Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Tadinha da chungaria

Não consigo entender a grande fleuma levantada sobre os acontecimentos da Bela Vista.... ou melhor, não entendo a onda de protestos contra as autoridades, na sequência da morte do tal gajo da Bela Vista.

 

Pelo pouco tempo que perdi com o assunto, parece-me que um gang da Bela Vista assaltou um carro, lá para os lado de Palmela e com  ele chegaram ao Algarve. Aí, em terras do Sul roubaram (ou tentaram roubar) uma caixa multi-banco. Durante a fuga a vítima - repito, membro do gang meliante - foi alvejada.

 

Confesso que tenho pena que só tenham acertado num. Deviam ter acertado em todos. Sempre era menos uns chungas a viver à conta dos nossos impostos e a ameaçar constantemente a nossa segurança e o fruto do nosso trabalho.

 

sinto-me:
tags:
publicado por Lourencinha às 14:54

link do post | dar sentença | favorito
|
12 sentenças:
De Fulano a 12 de Maio de 2009 às 15:10
A chungaria entrou em guerra civil: os chungas instalados querem a morte dos chungas desocupados.
De Fulano a 12 de Maio de 2009 às 15:16
Esperemos que a chungaria desocupada demonstre a mesma compreensão pela chungaria ocupada. Como é reles e rasca a pequena burguesia e a sua vidinha rasca e reles.
De António a 12 de Maio de 2009 às 19:39
Fulano, cicrano e beltrano, é tudo a mesma coisa... compreensão? eheheheh

Eles compreendem mesmo que vivem em casas pagas por nós e têm subsídios pagos por nós... no momento em que nos assaltam eles lembram-se perfeitamente disso!

Vá viver para perto de um bairro social "dos bons" e veja o mundo com outros olhos.
No dia em que o seu carro estiver todo partido porque "os coitados dos putos não tinham mais nada que fazer e resolveram partir aquele carro ao calhas", ou esteja a dar uma volta de bicicleta e um grupo de miúdos achar que o senhor é um bom alvo para uma sessão de arremesso de pedras...

Que não lhe aconteça a si. Porque a burguesia, como o senhor, que trabalha por um futuro melhor, merece mais. Merece estar em segurança.

António.
De Zé da Burra o Alentejano a 12 de Maio de 2009 às 15:31
OS BANDOS DOMINAM NOS BAIRROS SOCIAIS

Os partidos de esquerda desculpam sistematicamente a criminalidade com o a pobreza e o desemprego. Parece terem receio de uma atitude mais enérgica na luta contra o crime. Será que ficaram traumatizados desde os tempos do fascismo? Esta postura está a desorientar o seu próprio eleitorado natural: os mais pobres que são também os mais desprotegidos face à criminalidade. Assim, os partidos de esquerda têm muita responsabilidade relativamente ao crescimento da extrema direita que tem um discurso bem mais sensato sobre o combate crime. Barack Obama – que se poderá considerar de esquerda – prometeu ser implacável no combate ao crime e defender ao mesmo tempo os mais desfavorecidos. Não me parece que isso seja incompatível.

Todos os dias vemos fechar Empresas jogando muita gente no desemprego e na pobreza. Frequentemente, ficam muitos meses de salários por pagar, levando essas pessoas a uma situação de desespero. Se fosse esse o motivo dos desacatos que se têm visto nos bairros sociais, então eles aconteceriam preferencialmente nas manifestações junto aos antigos locais de trabalho, onde se aglomeram muitas pessoas na mesma situação.
Não! o que se viu no Bairro da Bela Vista foi a homenagem a um criminoso abatido em flagrante pela polícia, numa atitude de desafio à própria polícia como que para testar a sua capacidade de reacção e para uma demonstração de força no bairro.

Há 50 anos a pobreza em Portugal não era menor que a de hoje e a criminalidade violenta era praticamente inexistente. Se mais pobreza implicasse mais criminalidade, então não teria sido assim. As estatísticas nem reflectem a nossa realidade porque muitas vítimas já nem se queixam porque sabem que os criminosos são rapidamente postos em liberdade, mesmo quando são capturados e depois ficam sujeitos a represálias. Mela mesma razão, vítimas e testemunhas escondem a face quando são entrevistadas pela televisão.

Já há algum tempo um Mayor de Nova Iorque decidiu que não se deveria menosprezar a pequena criminalidade nem os pequenos delitos, porque a sensação de impunidade se instala nos jovens delinquentes, estes vão facilmente progredindo para infracções cada vez mais graves até que a situação se torna incontrolável. Implementou então a célebre "Tolerância Zero" que, como se sabe, deu óptimos resultados, reduzindo num só ano a criminalidade em Nova Iorque em cerca de metade.

A actual política portuguesa de manter na rua os criminosos, mesmo depois de várias reincidências, faz (como dizia o Mayor ) crescer a sensação de impunidade: o criminoso continua com as suas actividades criminais, vai subindo o nível dos seus delitos e serve de exemplo para que outros delinquentes mais jovens sigam o mesmo caminho.

Mas existem muitas pessoas trabalhadoras e humildes nos bairros sociais que não levantam problemas e que só desejam que os deixem viver em paz, o que não acontece, porque estão reféns dos bandos de criminosos que dominam nesses bairros. Não se pode contar com essas pessoas para testemunharem qualquer acto criminoso a que assistam porque têm medo, medo de represálias porque não se sentem convenientemente protegidas pela polícia que também não pode estar sempre presente. Lembra as favelas brasileiras...só que no Brasil polícia e militares juntam esforços para combater o domínio dos bandos nas favelas e tem havido baixas parte a parte mas a polícia começa a chegar onde antes não se aventurava. Por cá, enquanto o crime cresce e toma posições de domínio, a polícia, apesar de vontade, nada pode fazer porque lhe falta a autoridade. Entretanto, Governo, Partidos, Bispos e outras organizações não compreendem o que se está a passar e fazem conjecturas absurdas sobre o motivo dos desacatos que é por demais evidente. Será que temos que cair no fundo?

Ah! esquecia-me de uma coisa: espero que os indivíduos filmados a fazer "cavalinho" com as motos sejam punidos pelo menos por CONDUÇÃO PERIGOSA. É incorrecto multar o pacato cidadão apenas porque ultrapassou 50 Km/hora e deixar impunes estes exemplos exibicionistas...

Zé da Burra o Alentejano

De jc a 12 de Maio de 2009 às 16:06
é por isso que nós nunca seremos políticos. a minha opinião é exactamente a mesma que a tua. you go girl!
De António a 12 de Maio de 2009 às 19:29
Eu vivo ao lado de um bairro social. Bairro pago com o dinheiro dos meus impostos.

Tiros...
Gritaria...
Festas até às 5 da madrugada, que nem dá para dormir...
Chiar de pneus de carros a fazer brincadeiras...
Motas a acelerar para ver qual é a mais ruidosa...
Foguetes às horas a que chega a droga...
Paredes todas cheias de rabiscos (não são graffiti ... são rabiscos, mesmo...

Nesse bairro social está uma esquadra da polícia. Acham que eles fazem alguma coisa?

No dia em que fizeram, uma panóplia de cretinos, pseudo-defensores dos direitos civis e políticos oportunistas disse que era um exagero que se estivesse a controlar o bairro daquela maneira.

BOLAS! UM GRUPO DE GAJOS DÁ UM ENXERTO NUM POLÍCIA, ESTÁ CÁ FORA NO DIA SEGUINTE. UM POLÍCIA, DURANTE UMA PERSEGUIÇÃO A UM GRUPO DE ASSALTANTES RESPONDE A TIRO AOS TIROS DO GANG E MATA UM... É VIOLÊNCIA, É BRUTALIDADE.

Desculpem os gritos, mas...

Eu também quero que a polícia responda a tiro a quem lhes dispara uma arma. Se os matarem, desculpem lá os mais "puristas", mas ... AZAR! Quem vai à guerra, dá e leva. Desta vez um deles levou.

António.

De estilosemnexo a 12 de Maio de 2009 às 21:30
Concordo contigo mas só em arte...há que medir bem o que dizemos porque nem todos sãofarinha do mesmo saco.
Num bairro como este há gente boa...procura que encontras,tens é que ir lá e ver com os teus olhos.
Bj
De Lourencinha a 13 de Maio de 2009 às 09:10
Como é obvio há gente boa em todo o lado. Não são esses qie incomodam... são precisamente os outros.
De Antonio a 13 de Maio de 2009 às 12:07
Eu não digo que são todos iguais... eu conheço gente que vive nesses bairros que tem mais medo deles que eu!

O que eu digo, e concordo, é que depois de o grupo ter assaltado um carro, ter ido até ao Algarve para assaltar uma caixa multibanco, de ter respondido a tiro à polícia... se no meio da perseguição tivessem morrido todos... não tinha pena nenhuma! Porque a cena do "coitadinho, é inadaptado" já não cola.
De Lourencinha a 13 de Maio de 2009 às 15:50
nem mais!
De estilosemnexo a 13 de Maio de 2009 às 21:56
Mas ó sr António quem são eles? Os srs da casa pia,os donos da banca que roubaram e estão por aí a gozar com o pagode? Há que temer quem?
Uma caixa multibanco...deviam ser mortos e não há que ter pena...até concordo,e os que roubaram tudo aos retornados das ex-colónias pós 25 de abril?O sr dr.Mário Soares devia ser o quê?...e o sr.OTELO,terrorista condenado,perdoado por um anormal qualquer e agora promovido e bem indeminizado?..mat-se também???Concordo e o sr.?...
De Lourencinha a 14 de Maio de 2009 às 08:56
Eu acho que temos aqui um problema de delimitação do assunto.... eu apenas referi o gang que assaltou o multi-banco no Algarve.... e o António referiu que é muito complicado viver perto de bairros sociais. Se quiserem extravasar para tudo o resto, começamos no Pinto da Costa (carago), passando pela vergonha do futebol, pelo governo, pelos governantes arguidos eleitos pelo povo, pelo Hugo Chavés, e ainda conseguimos atingir o Imperador Romano Nero.

É só dizer.

dar sentença

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. ...

. Da casmurrice

. Free Hugs in Lisbon

. Da ZON

. Querem ver?

. Por acaso,

. Pois...

. Amazing

. Olá, voltei!

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds