Terça-feira, 29 de Março de 2011

3 anos

 

 

 (foto sacada da net)

 

Parabéns meu amor.

 

tags:
publicado por Lourencinha às 07:59

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|

O chinês é que vai safar isto tudo...

Muito já se escreveu sobre esta pérola do futebol português. E pareceu-me unânime a constatação de que Paulo Futre estava bêbado ou drogado. Ora, se me permitem, eu não concordo. Não acho que o homem estivesse alterado. Acho mesmo que ele estava concentradíssimo e ciente do seu papel na campanha de Dias Ferreira. O que se passa é que ele não dá uma para a caixa. Não tem qualquer capacidade intelectual, não teve escola que se visse, nem tem qualquer noção da realidade - ele é o máximo (mas só na cabecinha fraquinha dele)! Resultado, não consegue completar frases, conduzir raciocínios, enfim, este espectáculo triste. Este é o exemplo que deveremos dar aos nossos filhos...

 

"Estuda para seres alguém" é ideia definitivamente ultrapassada, até porque, neste país, por mais que estudemos não passamos da cepa torta. O novo mote inspirador da nossa juventude deverá ser "estuda para não fazeres figuras de urso como o Futre."

tags:
publicado por Lourencinha às 07:53

link do post | dar sentença | ver sentenças (3) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

...

Ia, mesmo há coisa de meia hora, a sair das estação de metro quando uma menina com um colete da Amnistia Internacional (AI) me pergunta

 

"O que tem feito pelos Direitos Humanos?"

 

Antes de dizer que acho que foi a pergunta mais estúpida que me fizeram na vida, devo esclarecer que não parei para responder pois só tenho uma hora de almoço e não tinha muito mais tempo a perder. Mas agora que aqui estou à secretária e que tudo está calmo, posso desenvolver o assunto.

 

Sem querer tecer considerações historico-filosóficas (já dei para esse peditório há muito tempo!), posso afirmar que o momento mais importante da história do Direitos Humanos foi a proclamação Universal dos Direitos Humanos pela ONU, pela qual os Estados Membros se comprometeram a respeitar determinados direitos considerados essenciais a uma existência e vivência harmoniosa e pacífica entre os povos.

 

Ora, dirigindo-se estas regras aos Estados Membros, o que é que quererão realmente perguntar? Se entro em manifestações, se faço boicotes, se dou dinheiro para organizações internacionais? Pois não, sabem, não tenho tempo nem dinheiro para tal, mas se vos servir de alguma coisa, respeito os outros  e sou sensível às necessidade e sofrimento do próximo. Chega?

tags:
publicado por Lourencinha às 13:22

link do post | dar sentença | ver sentenças (3) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

E o povo, pá?

Começo a ter um bocadinho de nojo destas greves todas e das respectivas reivindicações. Sugiro-vos que façam uma busca na net para saber quais os salários médios dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa.

 

Eu já há muito que concluí que tirei o curso errado. Aliás, nem devia ter tirado um curso.... e atenção que tive sempre trabalho!

 

 

tags:
publicado por Lourencinha às 11:41

link do post | dar sentença | favorito
|

Japão

A maneira mais fácil de apontar os (de)feitos nacionais é realçar as qualidades de outros. Por exemplo, veja-se a rapidez de reconstrução verificada no Japão: seis dias após o sismo devastador que assolou o país, já têm estradas reconstruídas.

 

Isto não é má língua, é inveja pura e dura! Como eu gostava de viver num país assim!

tags:
publicado por Lourencinha às 08:52

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|

So long...

E pronto, já está!

 

Veremos se este será o fim anunciado... mas que o homem se demitiu, não restam dúvidas.

 

Sinceramente, toda esta situação me preocupa um pouco. Apesar de já não acreditar no discursos deste senhor, não sei se será assim tão positivo o gajo ter-se demitido. É que realmente, e esse é o grande problema do país, não temos qualquer alternativa. Não há um que preste. E nós, dada a situação complicada que vivemos, não podemos andar a votar em branco indefinidamente.

 

 Acho que pela primeira vez na minha vida vou seguir as campanhas eleitorais a sério. Vou querer saber o que propõem, o que defendem, como se aguentam nos debates... a ver se com o barulhos das luzes começo a acreditar nalgum bandido partido.

publicado por Lourencinha às 08:02

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Março de 2011

Tchiiiiii

Estou em choque depois de ter visto a foto da Manuela Moura Guedes no blog da sic.

 

Não que eu ache que as plásticas lhe tenham trazido algo de bom, mas porr@, os braços e as mãos estão deploráveis. Parece que vão cair de velhos!

publicado por Lourencinha às 16:14

link do post | dar sentença | ver sentenças (1) | favorito
|

Aquele sonho...

... que todos nós, de uma forma ou de outra, já ouvimos falar tem um nome e uma cara, para nos lembrar que querer é poder e que os nossos sonhos são o verdadeiro motor da vida.

 

http://takeustobruges.blogs.sapo.pt/256843.html

 

You go girl, que é como quem diz, vai lá!

tags:
publicado por Lourencinha às 15:54

link do post | dar sentença | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Março de 2011

O município de Castelo de Vide tem desta coisas!

Como podem calcular eu tenho muitos defeitos. E um deles é a minha incapacidade para lidar com gente burra e atrasos de vida.

 

Eu tenho uma casa em Castelo de Vide. E para pagar as facturas do consumo de água, emitidas pelo município de Castelo de Vide sou obrigada a abrir uma conta nas agências do BPI, da Caixa Geral de Depósitos ou da Caixa Agrícola daquela vila.

 

Não há cá débitos directos, transferências interbancárias nem pagamentos de serviços. Nada disso, ou abrimos conta nalguma daquelas três agências ou pagamos por cheque, valores que andam na ordem dos 3 €. Ora, maus feitios à parte, alguém me saberá dizer onde é que fica a minha liberdade contratual, no meio disto tudo?

 

Se eu não tivesse tanto que fazer e pudesse laurear a pevide sempre que me apetecesse, podem ter a certeza que ia todos os meses a Castelo de Vide pagar a água em moedas de um cêntimo.

 

Mas como tenho de trabalhar para pagar, entre outras coisas, a água da casa de Castelo de Vide, só me resta abrir conta na agência da Caixa ou do Crédito Agrícola (a do BPI deixou de ser opção – fiquei vacinada!) para não entrar em incumprimento e não gastar mais dinheiro com o cheque do que com o consumo efectivo de água.

 

Bem vindos ao atraso de vid(e)a do século XXI!

tags:
publicado por Lourencinha às 12:04

link do post | dar sentença | ver sentenças (7) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Março de 2011

Parecer

Epá, o meu trabalho é dar pareceres. Sim, eu sou paga para dar opiniões, devidamente fundamentadas, mas opiniões. Não são verdades absolutas. São opiniões. Que eu até estou disposta a mudar. Desde que me apresentem argumentos da mesma categoria dos meus – isto é, jurídicos. Qualquer outro tipo de argumentação não me faz mover um milímetro da minha posição inicial. Por uma questão de princípio, só isso.

 

 

Mas porque é que determinadas pessoas perguntam se já sabem qual é a resposta que querem ouvir? Que chatinhos, pá!

tags:
publicado por Lourencinha às 21:11

link do post | dar sentença | ver sentenças (4) | favorito
|

Ai Zurich, Zurich

Por incrível que pareça, não armei confusão na Zurich. Tudo porque um colega meu ligou para uma prima que lá trabalhava e que me resolveu o problema... é que há quase dois meses que uma determinada funcionária daquela seguradora tinha em mãos a tarefa de alterar o tomador do seguro do automóvel com que eu ando. Não era nada complexo. Era substituir o nome do meu pai pelo meu nome. Coisa simples, aliás como se veio a verificar. Pois, mal falei com a prima do meu colega, o assunto foi logo tratado e em menos de meia hora tudo estava resolvido. Tornou-se, assim, desnecessária a reclamaçãozinha que tencionava dirigir ao chefe da funcionária em falta... já tinha mesmo o nome, o telefone e o fax do senhor.

 

Seria tão bom que as empresas fossem mais diligentes no que toca ao recrutamento do pessoal. É que há empregados que só dão mau nome à casa!

publicado por Lourencinha às 14:22

link do post | dar sentença | favorito
|
Terça-feira, 15 de Março de 2011

Uma óptima maneira de comer pescada

- lombinhos de pescada (ou coisa que o valha);

- uma mão cheia de pimentos coloridos previamente cortados;

- sal, pimenta, alecrim, uma pitada de colorau;

- cebola;

- alho

- azeite

- vinho branco

 

Num tacho refoga-se a cebola e o alho. Acrescentam-se os pimentos. De seguida pomos o peixe e os temperos. Uma pitada de vinho branco e um copinho de água. Tapar o tacho e deixar cozinhar lentamente.

 

Podem servir com o que vos apetecer... arroz basmanti, puré de batata, massa, e, porque não (?), batata cozida.

tags:
publicado por Lourencinha às 20:17

link do post | dar sentença | ver sentenças (4) | favorito
|

Mau!

Estou mesmo a ver que a Seguradora Zurich vai conhecer o meu mau génio. É cá um feeling...

tags:
publicado por Lourencinha às 10:59

link do post | dar sentença | favorito
|

Greve

Tenho que congratular os senhores do Metropolitano de Lisboa. Desta vez, planificaram melhor as datas da greve. Principlamente a de hoje. É que, realmente, greve para ser greve deve causar o maior número de inconvenientes possíveis para os terceiros consumidores. E desta feita acertaram na mouche. E porquê, perguntam vocês. Porque estamos quase no "fim do mês" para grande parte da população e, consequentemente, não há dinheiro para táxis.

Esta manhã, e ao contrário daquela outra manhã, há coisa de um mês ou dois, não só não havia fila para apanhar táxis, como havia táxis em fila à espera de clientes.

E eu, embora goste pouco de deitar dinheiro à rua, devo confessar que me soube muito bem não ter que esperar um minuto sequer para apanhar um táxi para ir trabalhar.

 

Eu sei que quem paga isto tudo sou eu, são vocês, somos todos nós. Mas se tenho que pagar de qualquer maneira, ao menos que pague com o rabiosque sentado num mercedes!

tags:
publicado por Lourencinha às 07:42

link do post | dar sentença | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

Querem ver...

... que estou a ficar uma cozinheira de mão cheia?

 

Pois como não tinha ideias para o jantar, uma colega minha sugeriu que fizesse uma quiche. Uma quiche, disse eu, mas tu pensas que eu sei cozinhar? Ao que ela respondeu, mas é super fácil. Acreditei nela (e em mim, diga-se de passagem) e foi isto que deu:

 

- Massa folhada (ou quebrada se preferirem);

- 1 alho francês;

- sobras de salmão assado no forno em cama de cebola (eu tenho jeito para dar nomes aos pratos, não acham?);

- 1 queijo mozzarella fresco;

- 4 ovos;

- um pacote de natas (eu usei de soja).

 

Estendi a massa numa tarteira e furei-a com um garfo. Cortei o alho francês e espalheio-o pela massa. Acrescentei o salmão e respectiva cebola, o queijo mozzarella. Bati 4 ovos, juntei o pacote de natas e temperei com sal e pimenta da Jamaica (ninguém acredita na variedade de pimentas que existem nesta casa!). Deitei este preparado por cima da tarte e respectivo recheio e forno com ela!

O forno convém estar pré-aquecido. A temperatura rondou os 200 graus e no fim do tempo, liguei o grelhador (ou lá o que é aquilo) do forno para dourar a tarte. O tempo de cozedura da tarte escapou-me. Tirei-a do forno quando estava com ar irresistível!

 

tags:
publicado por Lourencinha às 20:35

link do post | dar sentença | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Março de 2011

Will you ?

É sempre bom constatar que a malta, mesmo em tempo de crise, continua romântica e, até mesmo, arrojada! Que o digam as muitas mulheres grávidas, nas quais eu me incluo - sempre fui uma selvagem! -, que andam pelas ruas de sorriso nos lábios

 

Ao sair do trabalho, já pertinho do metro, deparei-me com uns papéis, escritos em letras garrafais, dispostos em cima de um pedacinho de relva em frente de um edificio. Tinham a seguinte mensagem: "CASAS COMIGO?"

 

Eu cá achei lindo... mas se calhar é das hormonas.

tags: ,
publicado por Lourencinha às 21:36

link do post | dar sentença | ver sentenças (2) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

Feeling good!

 

 

 

tags:
publicado por Lourencinha às 20:25

link do post | dar sentença | favorito
|
Terça-feira, 1 de Março de 2011

...

Infelizmente, há uns meses atrás, vivi intensamente o sofrimento do meu pai. Doente terminal, viu-se, de repente, incapacitado de fazer as coisas mais básicas do dia-a-dia. Comer, tomar banho, enfim, tudo aquilo que nos é essencial e tantas vezes privado. Ele, que sempre foi tão independente, senhor do seu nariz e responsável por grande parte daquilo que sou hoje, viu-se obrigado a depender de outros para fazer coisas tão simples como ir à casa-de-banho.

 

Infelizmente, não pude evitar mais esse sofrimento ao meu pai. Mas posso hoje assinar esta petição para que seja criado o Estauto do Doente Crónico. Para sua protecção. Para nossa protecção!

tags:
publicado por Lourencinha às 11:25

link do post | dar sentença | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. ...

. Da casmurrice

. Free Hugs in Lisbon

. Da ZON

. Querem ver?

. Por acaso,

. Pois...

. Amazing

. Olá, voltei!

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds