Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

Vruuuuuuummmmmmmmmmmmm

Ontem, quando os meus colegas se recordavam das histórias giras que já viveram com os seus primeiros carros, tive a oportunidade de contar algumas peripécias, das quais não me orgulho muito, mas que marcaram a minha relação com o meu primeiro boguinhas.

 

A primeira  que contei (a segunda ficará para quando ganhar coragem) passou-se há alguns anos. Estava eu de volta de um julgamento em Leiria. Quando arranquei daquela cidade apercebi-me que se parasse o carro num sinal luminoso ou mesmo nas portagens, dificilmente conseguiria voltar a arrancar.

 

Qualquer pessoa boa da cabeça, teria automaticamente chamado a assistência em viagem. Mas eu não. Nunca joguei com o baralho todo e, não, não chamei a assistência. Preferi arriscar e zarpar para Lisboa, usar a via verde, para não parar nas portagens, e rezar para que quando chegasse a Lisboa não tivesse de parar em nenhum sinal luminoso.

 

E assim foi. Arranquei e só parei no meu destino. Inacreditavelmente, só parei quando cheguei ao parque do meu trabalho. Não houve brigada, nem sinal vermelho que se tivessem atravessado no meu caminho.

 

Proeza? Não, dose de sorte bem servida!

 

 

publicado por Lourencinha às 15:37

link do post | dar sentença | favorito
|
8 sentenças:
De Margot a 7 de Janeiro de 2011 às 16:25
Também já passei por um sentimento semelhante, mas a culpa não era do carro, era de mim que deixava o acrro ir abaixo de cada vez que tentava arrancar!!! LOL
Agora, imagina, com carta há uma semana a passar vermelhos acabados de cair e stops, só para não parar! Mas não tenho nenhum orgulho de ter feito isto.
De Lourencinha a 10 de Janeiro de 2011 às 12:07
LOL, afinal há alguém mais Kamikase que eu!!!!!!!
De angelasoeiro a 7 de Janeiro de 2011 às 16:37
Também ficaste sem mudanças foi?
Comigo não foi de Leiria a Lisboa, mas do Porto a Espinho, num fiar uno. Enfim...
De Lourencinha a 10 de Janeiro de 2011 às 12:06
Não. O problema era se parasse, mesmo com a priemira metida, já não conseguia arrancar... as maluquices do costume :-)
De Joao a 7 de Janeiro de 2011 às 23:52
Isso é que foi sorte. Eu por norma tenho a sorte de apanhar os vermelhos todos e mais alguns.
Parabens pelo blog, esta um must
De Lourencinha a 10 de Janeiro de 2011 às 12:06
Obrigado :-)
De EstranhoAmor a 9 de Janeiro de 2011 às 16:34
Olá Lourencinha.
Ao inocente e ao menino Deus aplana o caminho.
Hehe.
Um Bom Ano Novo.
Cumprimentos
De Lourencinha a 10 de Janeiro de 2011 às 12:06
Bom ano para si também! Cheira-me que este ano vai ser fantástico!
Cumprimentos

dar sentença

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. ...

. Da casmurrice

. Free Hugs in Lisbon

. Da ZON

. Querem ver?

. Por acaso,

. Pois...

. Amazing

. Olá, voltei!

.arquivos

. Junho 2014

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Espreitadelas

Powered by website analytics technology.

.Quem está cá

online

.Quem me linka

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Todas as fotos tiradas da net, estão devidamente identificadas (desculpem, mas nem sempre consigo perceber quem é o respectivo fotógrafo).

Os textos que não forem da minha autoria, também serão devidamente identificados.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

.subscrever feeds